Dores do Rio Preto comemora 55 anos de emancipação política

Município comemorou a data com um grande desfile escolar

Por Estevão Gomes 15/04/2019 - 15:34 hs
Foto: A Notícia


Com o tema “Café: da África ao Caparaó”, a Secretaria Municipal de Educação de Dores do Rio Preto realizou um dos mais lindos desfiles escolares no último domingo, em comemoração aos 55 anos de emancipação político-administrativa do município. 

A Secretaria de Educação envolveu todas as escolas do município, instituições como as igrejas, escola estadual, organizações, entidades, associações e até empresas e grupos organizados, mobilizando toda a sociedade em torno do tema. Não podia ter dado outro resultado. A sociedade aplaudiu a iniciativa participando ativamente dos preparativos e do desfile. 

O desfile contou a história da chegada do café ao Brasil, passando pelo nordeste, Rio de Janeiro, São Paulo e depois Minas e Espírito Santo. No Caparaó, as primeiras mudas dessa planta chegaram por volta de 1820 e logo se tornou o principal produto da região. 

Depois, foi a vez de mostrar os mais bem conceituados produtores com premiações nacionais, alcançando os primeiros lugares no país. De acordo com a história, o município conseguiu soerguer na produção cafeeira graças a dois fatores: o clima de altitude e a dedicação dos produtores para fazer cafés especiais. 

Em um momento de emoção, um aluno da escola de Pedra Menina, foi até ao palanque oferecer uma muda de café arábica ao prefeito, simbolizando a chegada de maneira clandestina da primeira muda desse produto ao Brasil, trazida pelo Sargento-mor Francisco de Melo Palheta, escondida em sua mala. O prefeito Claudenir José de Carvalho (Ninho) fez o plantio simbólico da muda em frente ao palanque oficial. 

Para coroar o desfile, a família Lacerda, maior destaque em concurso nacional de cafés especiais, veio para a avenida exibindo os troféus conquistados em todos os concursos que participaram. O senhor Onofre Lacerda, acompanhado da esposa e filhos, representou a busca dos produtores rio-pretenses pela busca novas potencialidades do Caparaó através de um café rico em aroma e sabor. 


Prefeito fala dos investimentos na Educação: “Posso garantir que está valendo a pena”

O palanque oficial do desfile contou com a maioria dos vereadores, todos os secretários municipais, diretores de escolas e o prefeito do município, Claudenir José Carvalho Neto (Ninho). Com um clima muito positivo, descontraído e alegre, o prefeito foi cumprimentado por todos após seu pronunciamento.

Ninho deu carta branca para secretaria fazer um desfile democrático e altruístico, envolvendo toda sociedade e organizações não governamentais. “Seremos grandes se houver a participação de todos”, ressaltou. Na abertura, determinou que todos os ex-prefeitos fossem convidados para o palanque.

Em seu pronunciamento, Ninho teceu algumas considerações a respeito do que tem sido feito pela educação no município. Ele ressaltou que é obrigação constitucional gastar 25% do orçamento naquela pasta. No entanto, os valores têm ultrapassado a 35%. “Não são gastos, são investimentos que nós estamos fazendo, e com o trabalho que está sendo desenvolvido pelos professores, corpo técnico e os diretores, posso garantir que está valendo a pena”.

Ninho disse que quando iniciou o mandato, o número de alunos matriculados na rede municipal girava em torno de 700. Hoje já está em 873, isso, graças à melhoria do ensino e busca por ensino melhor e de qualidade, por alunos que migraram de escolas particulares para a rede municipal.

O prefeito salientou que uma das medidas mais acertadas de seu governo foi adquirir toda a merenda escolar no próprio município. Além de contribuir com o comércio, fazendo girar mais dinheiro, os recursos ficam no município. Outro fator enumerado é que os alunos recebem merenda de qualidade, com alimentos frescos colhidos no dia.

Ele elogiou a empresa de transporte escolar, destacando que o atendimento tem sido 100%. A prefeitura ainda tem seis ônibus atuando no transporte, sendo que um está passando por manutenção. A determinação é que os veículos estejam todos em perfeito estado por causa das estradas de alta declividade em certos pontos do município.

Sobre o tema do desfile, Ninho destacou que o café, desde a muda que é produzida no município até o produto que é vendido fora do país, tem sido um sustentáculo para o município. Cumprimentou os produtores, principalmente a família Lacerda representando todos os cafeicultores.

Ele aproveitou para anunciar que o município recebeu R$ 360.000,00 de recursos para aquisição de equipamentos para melhoria de qualidade do café, através de emenda parlamentar dos deputados federais Carlos Manato e Givaldo Vieira. A prefeitura vai entrar com uma contrapartida. Pediu desculpas pelo incômodo ao ver veículos atrapalhando o desfile e prometeu que no próximo ano o desfile será na parte baixa da cidade para melhor acomodação das pessoas e dos participantes.

Para encerrar suas palavras, Ninho prestou homenagem ao ex-prefeito Juquinha, falecido recentemente. Disse que Juquinha foi o prefeito que mais atuou no município, além de ter sido um grande conciliador.